Como é ser Técnico Vitivinícola em Portugal?

Se gostavas de aprender mais sobre o mundo do vinho e ser um futuro enólogo de sucesso esta é a profissão ideal para ti, especialmente se és da região do Douro. Este profissional aprende a orientar e intervir em todas as operações desde a cultura da vinha até ao engarrafamento, incluindo a colheita de uvas, os processos de vinificação, armazenamento e envelhecimento, respeitando e implementando todas as práticas necessárias para garantir a qualidade do vinho.

O Douro é sem dúvida a região de eleição em Portugal para aprender sobre vinho. Uma região única no mundo, com todos os tipos de vinho a serem produzidos neste território, desde o espumante ao vinho do Porto, localizado numa região demarcada onde se situam as melhores paisagens do Douro, um património da humanidade, é sem dúvida o melhor local para aprender esta arte de bem cuidar o vinho.

Sendo um mercado em expansão no mundo, Portugal tem características únicas, onde a mão de obra especializada é cada vez mais escassa, com salários acima da média do que poderiam ter noutros locais, preservando ao mesmo tempo este património intemporal da humanidade.

Ser um técnico vitivinícola não é tratar apenas da vinha, é muito mais do que isso. Este profissional tem também como funções:

  • Orientar e intervir na preparação do terreno e à instalação da vinha.
  • Orientar e intervir nas operações necessárias ao desenvolvimento e à manutenção da vinha;
  • Orientar e intervir na vindima;
  • Orientar e intervir na receção de uvas na adega;
  • Orientar e intervir nas operações de vinificação, tratamento e armazenamento de vinhos, de acordo com as normas de segurança alimentar e de qualidade;
  • Proceder à avaliação sensorial de vinhos;
  • Proceder a análises físico-­químicas de mostos e vinhos e interpretar os resultados analíticos;
  • Aplicar tecnologias de informação e comunicação na execução das operações vitivinícolas e na recolha e tratamento de informação.

Informações

Leave a Reply